Quem usa o sistema unico de saude

Rate this post

Exatamente como passamos dos antigos mútuos para o sistema nacional de saúde e bem-estarO regulamento 833 de 1978 oferecia direitos detalhes iguais de cuidado para todo cidadão italiano independentemente do trabalho executado e também sem distinção de riquezas e também de rendimentos por Adriana Bazzi.

Como passamos das antigas mutualidades para o sistema nacional de bem-estar

O marco é chamado de legislação 833, aquela lei de reforma da saúde e bem-estar que, em 1978, transformou a face da saúde italiana e também já tem quarenta anos.

Portanto, há um passado e também há um depois (assim como um futuro, para imaginar): começamos a informar, o anterior e o depois, com dois contos científicos. O primeiro, incorporado nos anos setenta, é de um jovem de quinze anos com fortes dores de barriga.

Chama-se o médico do seguro de saúde (para quem tem o seguro: estamos, na verdade, na era pré-reforma) ou o médico (que presta assistência a todos, 24 horas por dia, para situações de emergência, assim como para os demais, atende apenas aos pobres, inscritos em inscrições comunitárias especiais): presume-se apendicite.

  1. Uma estadia hospitalar para a operação que será paga pelo seguro médico (se o dos pais de quinze anos também atender a ajuda de familiares), caso contrário o agregado familiar terá de pagar o dinheiro da estadia hospitalar como bem como a operação.
  2. O hospital oferece o inadequado (na época as unidades de saúde eram independentes, financeiramente, podendo contar com patrimônio próprio, graças aos legados de benfeitores).

Hoje, diante desse mesmo caso, o médico de família ou a guarda médica é chamado ou você provavelmente para o pronto-socorro: se o diagnóstico médico de apendicite for validado, a menina é internada, operada e mandada para casa. Sem pagar um euro (ou quase).

CONFIRA O GRÁFICO

Como aconteceu o atual sistema de saúde e bem-estar

Segundo conto, sempre pré-reforma: uma senhora tem que dar à luz. Abaixo também, se você tem convênio médico, pode ir a um ginecologista e agendar uma internação para o parto: os preços serão cobertos dentro dos limites estabelecidos pelo seu convênio.

  • E se por acaso o parto for complicado e exigir tratamentos adicionais, ela pode precisar suplementar do próprio bolso.
  • Como aconteceu o atual sistema de saúde e bem-estarCaso contrário existe a parteira “conduta”, para quem não tem condições, que certamente fará o parto da criança em casa, se tudo correr bem.
  • Mas um parto também pode trazer problemas, muito mais quando, em anos anteriores, ainda se fazia uso de fórceps: por exemplo, danos cerebrais. Porque a situação, a ajuda e o cuidado com a criança eram da família.

Hoje, uma mãe pode ser assistida antes, durante (geralmente no centro médico) e também após o parto com o nosso Sistema Nacional de Saúde e Bem-Estar gratuitamente, com base em pagamentos de passagens.

Assim como se a criança tiver problemas, por exemplo você nascer com uma doença congênita, na grande maioria das situações você pode contar com cuidados de saúde, essencialmente gratuitos dependendo do caso.

Desigualdade e confusão

Era uma saúde desordenada, a anterior a 833, composta por muitas mútuas (tratadas com padrões de cobertura de seguro: funcionários e empresas pagavam sua contribuição para aproveitar ao máximo o suporte), de médicos mútuos, na verdade, de médicos (e parteiras) realizadas (estas estas últimas contavam com as comunidades e também cuidavam da higiene pública) e também de muitas entidades que se ocupavam da sua.

  1. Por exemplo: para a gestão de utentes com tuberculose, condição que até há algumas décadas representava um verdadeiro flagelo do bem-estar, existiam ainda dispensários,
  2. onde se “distribuíam os tratamentos”, faziam-se testes e rastreios à tuberculina (ainda nos anos setenta, para aqueles que têm em mente, a todos os alunos),
  3. bem como sanatórios, onde mesmo antes do desenvolvimento dos medicamentos antituberculose, os pacientes eram tratados com ar puro, luz solar e alimentação adequada: eram quadros atendidos pelas comunidades e distritos. E depois derrubou, cumprindo a reforma.

Leave a Comment